jusbrasil.com.br
9 de Maio de 2021

O Trabalhador autônomo pode recolher contribuições previdenciárias atrasadas?

Agostini e Tonini Advogados, Advogado
há 5 anos

O Trabalhador autnomo pode recolher contribuies previdencirias atrasadas

O trabalhador autônomo que trabalhou e não recolheu suas contribuições previdenciárias ao INSS pode realizar o recolhimento tardio das parcelas atrasadas para aumentar o tempo de contribuição e conseguir a aposentadoria mais rápido ou ter um benefício de maior valor.

O procedimento pode ser realizado diretamente no INSS. Se o trabalhador nunca foi filiado ao INSS como autônomo, ele deverá comprovar que realizou trabalho naquelas condições nos períodos em que deseja pagar a contribuição atrasada. Para cada ano trabalhado, pelo menos uma prova documental é exigida. A prova testemunhal também pode ajudar.

Após reconhecida atividade, o trabalhador receberá uma guia para pagamento das contribuições atrasadas

Se o trabalhador já era filiado ao INSS como autônomo e deixou de contribuir, não precisará provar a atividade: poderá apenas pagar os valores atrasados. Contudo, geralmente são cobrados juros moratórios de 0,5% ao mês, capitalizados anualmente, limitados ao percentual de 50% e multa de 10%.

Se o direito não for reconhecido pelo INSS, o trabalhador poderá se socorrer na justiça, caso em que deve procurar seu advogado de confiança.

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Lembrando sempre do prazo de cinco anos para o recolhimento voluntário, com emissão da guia diretamente no site do Instituto. continuar lendo

Antes porém, é preciso verificar se vale a pena. continuar lendo